7 motivos pelos quais Marina Silva não representa a “nova política”

por Lino Bocchini - Carta Capital

79290400-9fc6-4c8e-a558-3651bd480b58

É comum eleitores justificarem o voto em Marina Silva para presidente nas Eleições 2014 afirmando que ela representaria uma “nova forma de fazer política”. Abaixo, sete razões pelas quais essa afirmação não faz sentido:

1. Marina Silva virou candidata fazendo uma aliança de ocasião. Marina abandonou o PT para ser candidata a presidente pelo PV. Desentendeu-se também com o novo partido e saiu para fundar a Rede -- e ser novamente candidata a presidente. Não conseguiu apoio suficiente e, no último dia do prazo legal, com a ameaça de ficar de fora da eleição, filiou-se ao PSB. Os dois lados assumem que a aliança é puramente eleitoral e será desfeita assim que a Rede for criada. Ou seja: sua candidatura nasce de uma necessidade clara (ser candidata), sem base alguma em propostas ou ideologia. Velha política em estado puro.

2. A chapa de Marina Silva está coligada com o que de mais atrasado existe na política. Em São Paulo, o PSB apoia a reeleição de Geraldo Alckmin, e é inclusive o partido de seu candidato a vice, Márcio França. No Paraná, apoia o também Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

Presidente da Associação dos Magistrados alerta para a necessidade de concurso público para juiz

horácio

O presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba e candidato a reeleição, juiz Horácio de Melo, revelou deficiência no número de juízes em todo o Estado. Durante entrevista ao programa “Debate sem Censura”, na rádio Sanhauá, Melo alertou para a necessidade de realização de concurso público.

O juiz listou mais de dez cidades que estão sem assistência “Precisa-se fazer concurso, todos evidenciam as necessidades de melhorias do judiciário, mas o Tribunal esbarra na falta de orçamento. Precisamos de uma sensibilidade maior do poder Legislativo e Executivo de dotar o Judiciário. Temos deficiência de mais de 60 vagas. Hoje, um juiz sai para atender em comarca com mais 170kmde distância”, explicou. Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

tiça vai discutir reabertura das delegacias no período da noite

delegacia

Uma audiência de conciliação marcada para a sexta-feira (29), no Fórum Cível de João Pessoa, vai discutir o funcionamento das delegacias. A convocação foi do juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior, titular da 4ª Vara da Fazenda pública da Capital, e o objetivo é regulamentar o cumprimento integral da decisão judicial que determinou a adoção de providências para possibilitar, em 15 dias, o regular funcionamento de todas as Delegacias de Polícia Civil, no âmbito da 1ª Superintendência Regional de Polícia Civil, no período noturno, feriados e finais de semana.

A audiência terá a participação do secretário de Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, o delegado-geral da Polícia Civil, Carlos Alberto Ferreira da Silva, o superintendente da Polícia Civil, Wagner Dorta, e o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro. Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

Governo publica decreto de reforma agrária na Paraíba e em mais sete estados

reforma-agraria

Um conjunto de oito decretos determinando condição de interesse social, para fins de reforma agrária, a imóveis rurais de Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Tocantins, São Paulo e Paraíba foi publicado no Diário Oficial da União da União desta terça-feira, 26. Os atos são assinados pela presidente Dilma Rousseff e pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto.

Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

Aécio é oposição e Marina é enrolação, diz Aloysio


Em avaliação sobre o primeiro debate entre os presidenciáveis publicada na sua página do Facebook, o senador e vice na chapa de Aécio Neves (PSDB), Aloysio Nunes, afirmou que Marina Silva (PSB) rotula os tucanos como adeptos da velha política por terem cumprido o dever de fazer oposição aos governos do PT. "Bela concepção de democracia", criticou Aloysio.

Segundo ele, Marina foi "nem cá nem lá" no debate de terça-feira 25. "Ela é o resumo da linha política dos candidatos mais competitivos", avaliou. Para o senador, Eduardo Jorge (PV) e Pastor Everaldo (PSC) defenderam suas ideias "com competência e dignidade", enquanto Luciana Genro (PSOL) é "uma espécie de Levy Fidelix de ultraesquerda".

"Em resumo, ficou cada vez mais claro: Aécio é oposição; Dilma, situação; e Marina, enrolação", pontuo

Polemize ninguém polemizou

Presidente do PSDB considera natural saída de Lucena e afirma que os tucanos têm liberdade de ir e vir

ruycarneiro

O presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, disse na tarde desta quarta-feira, 27, que acha natural o ex-parlamentar Fabiano Lucena se ‘desfiliar’ do partido. Ele declarou que todos os membros do partido podem se candidatar quando quiserem e podem sair da legenda se sentirem vontade.

Para ele, Lucena tem que ser tratado como os demais filiados da agremiação e, portanto, podem agir livremente dentro do partido tucano. Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

TCE quer prestação de contas da secretaria de Saúde até o fim de setembro

TCE2

A Secretaria de Saúde do Estado tem até o final de setembro para divulgar no portal do governo todas as informações sobre recursos repassados pela pasta a organizações sociais. A determinação foi dada nesta quarta-feira (27) pela conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba Nominando Diniz. Segundo ele, a ausência dessa divulgação contraria a Lei Complementar 131/09, conhecida como Lei da Transparência.

Relator de processos oriundos da Saúde, Nominando disse que não basta o secretário Waldson de Souza encaminhar essas informações à corte.“Faz-se necessária a divulgação, também, para a sociedade, do destino de recursos que, por convênio, acordo, termo de parceria ou contrato de gestão, sejam repassados pelo Poder Público a entidades privadas, mesmo àquelas sem fins lucrativos”, afirmou o conselheiro ao dar conhecimento da decisão na sessão plenária do TCE. Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

Marina Silva, era tudo que o PT, o PSDB e outros não queriam …  

Por Rui Galdino Filho ( advogado e comentarista )

marina

O fantasma Marina vem atordoando muita gente desde a última eleição para presidente do Brasil. É no mínimo estranho, que uma mulher que levou a eleição presidencial de 2010 para o segundo turno e obteve mais de 20 milhões de votos, não tenha conseguido sequer colher o número mínimo de assinaturas no sentido de criar o seu partido, A REDE, e  disputar as eleições de 2014.

Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

TSE modifica normas para inserções em rádio na propaganda para o cargo de presidente

tse

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deferiu nesta terça-feira (26), em sessão administrativa, ajustes na Resolução nº 23.404/2014, que trata da propaganda eleitoral e condutas ilícitas em campanha eleitoral nas eleições de 2014 para o cargo de presidente da República. A petição aprovada ajusta a resolução do TSE para obrigar as emissoras de rádio a transmitir inserções a partir do protocolo do mapa de mídia no Tribunal. Esses documentos serão disponibilizados no Portal do TSE, em link próprio, cujo conteúdo deverá ser acessado por cada emissora de rádio para, obrigatoriamente, difundir a propaganda eleitoral no horário legalmente reservado para essa finalidade.

A decisão altera o artigo 40, caput e parágrafo 3º, da Resolução nº 23.404, e foi proposta pelas coligações “Muda Brasil” (PSDB, DEM, SD, PTB, PMN, PTC, PEN, PTdoB, e PTN), “Com a Força do Povo” (PT, PMDB, PSD, PP, PR, PROS PDT, PC do B e PRB) e “Unidos pelo Brasil” e pelo Partido Verde (PV) nacional. De acordo com os eles, este artigo estabelecia a obrigação de os partidos e coligações apresentarem mapas de mídia diários ou periódicos às emissoras de rádio, contendo informações sobre o que seria transmitido no horário eleitoral. Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

Vereadora defende manifestações populares contra aumento de energia elétrica

Eliza Virgínia (vereadora)

A vereadora Eliza Virginia (PSDB) reclamou na manhã desta quarta-feira, 27, do reajuste na tarifa de energia elétrica do Brasil e chamou a população para realizar manifestações nas ruas contra o aumento de quase 22% determinada pela ANEEL.

“Se a gente começa a somar o que Ricardo aumentou ou tirou de benefícios nacionais em cima da energia pública da Paraíba a gente vai chegar a quase 200%, eu vou fazer essas contas, mas já está beirando o absurdo, eu acho que a população precisa se unir e ir para as ruas fazer mobilização”, disse. Continue lendo

Polemize ninguém polemizou

Voltar ao topo